Aleitamento materno pode ajudar a promover o crescimento de dentes alinhados na criança, sugere um estudo australiano. Mordida aberta, sobremordida e desalinhamentos dentais moderados são menos prevalentes entre as crianças que são predominantemente ou exclusivamente amamentadas. Mas os autores reportaram no estudo que o uso de chupeta modificou essas associações.Os pesquisadores estudaram 1.300 crianças por cinco anos, registrando o tipo de amamentação, no nascimento, aos três meses de idade, aos 12 e aos 24 meses e avaliaram a oclusão aos cinco anos de idade.
“Nossos achados reforçaram a mensagem da Organização Mundial da Saúde, que recomenda a alimentação exclusiva por amamentação até os seis meses de vida, tanto em países subdesenvolvidos quanto em países bem desenvolvidos”, disseram os pesquisadores que fizeram o trabalho “Exclusive Breast-feeding and Risk of Dental Malocclusion”.

Os autores esboçaram a distinção entre alimentação predominante ou exclusiva por amamentação, definido pela amamentação sem a introdução de outros alimentos ou bebidas. Vários estudos ressaltaram o fato de que o efeito sobre a mal oclusão depende da duração da amamentação. De acordo com o Pedriatics Journal, importante periódico científico, o estudo reforça que a alimentação exclusiva por aleitamento materno reduz o risco de maloclusão, mas depende de outros fatores, como a duração.

MSN